O recadastramento do Sistema Único de Saúde (SUS), em Salvador, segue até o dia 31 de agosto. Para se vacinar contra a Covid-19 é necessário estar com os dados atualizados. O processo de atualização começou ainda em 2020

Jovens com situação cadastral desatualizada estão gerando lentidão nos pontos de imunização, porque o sistema da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lança os nomes aptos a vacinar por meio da base de dados do SUS.

Para fazer o recadastramento, é necessário dados como: nome completo, nome dos pais, endereço, cidade de nascimento e de moradia atual, CPF, RG e telefone. Além disso, o cidadão também pode inserir o número da Certidão de Nascimento, que não é obrigatória para a atualização.

A atualização do cadastro deve ser feito no site da SMS, por meio deste link. Além da garantia da vacinação contra a Covid-19, os recadastrados também garantem a imunização de outras campanhas, atendimentos no sistema público de Saúde e valores de repasse de verba federal ao município.

Mesmo quem tem plano de saúde deve fazer a atualização. Todos os dados informados são usados exclusivamente para realização de cadastro nos sistemas eSUS-AB e Vida+. Essas informações não são disponibilizadas em outras plataformas, nem para outras finalidades.

Com informações G1