Salvador

Salvador
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Uma mulher de 39 anos levou nove pontos na cabeça depois de ter sido agredida pelo companheiro, no bairro do Arraial do Retiro, em Salvador. O crime ocorreu no início da manhã de domingo (5), após a mulher se recusar a manter relações sexuais com o homem. A vítima foi atingida com uma barra de ferro.

A mulher, que preferiu não se identificar, mantinha um relacionamento com o suspeito há três meses. Ela contou que estava na casa dele, noite de sábado (4), quando tiveram relações sexuais. No início da manhã do dia seguinte, porém, ela se negou e o suspeito começou a agredi-la fisicamente.

“Por volta das 6h começou a violência. Fizemos o ato sexual. Depois ele pediu novamente e eu recusei. Aí vieram essas agressões. Ele perfurou minha cabeça, estou com nove pontos. O braço está fraturado e vou ter quer fazer cirurgia”, disse a mulher.

Ela conseguiu fugir e saiu da casa do suspeito, conseguindo uma carona em um ônibus para voltar para casa. Segundo a vítima, além da dor física, dores psicológicas permanecem após o ocorrido.

A vítima registrou queixa na manhã de segunda-feira (6) na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), no bairro de Brotas. A delegada titular da unidade, Bianca Almeida, disse que a mulher será ouvida e policiais estão em busca do suspeito.

Ela acrescentou que, em caso de violência, a mulher deve fazer a denúncia imediatamente e não esperar acontecer a agressão física para comunicar o caso à polícia.

“Não espere ser agredida fisicamente. Se você perceber que está tendo por um relacionamento tóxico, procure ajuda. Saia do relacionamento, se separe. Se já aconteceu o crime, disque para o Disque Denúncia 180, Disque 190, da PM. A DEAM de Brotas funciona 24 horas, todos os dias. Há o plantão judiciário, tem sempre delegado aqui. Nos procure”, disse a delegada.

 

Com informações G1

Salvador
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A cantora Ana Cláudia Nunes da Cruz, de 29 anos, morreu após ser baleada enquanto andava de moto com o namorado, na madrugada desta segunda-feira (6) no bairro do Cabula, em Salvador.

Segundo a Polícia Civil, a mulher, que já atuou como backing vocal em bandas de pagode na Bahia e também trabalhava como cabelereira, foi morta por volta das 3h, na Avenida Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com a polícia, uma testemunha informou que o suspeito de cometer o crime estava em outra motocicleta, se aproximou do casal e atirou em Ana Cláudia.

As guias de remoção e perícia foram expedidas por uma equipe do Serviço de Investigação de Local de Crime do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (Silc/DHPP) que intimou o namorado da vítima para prestar depoimento na unidade.

A polícia informou que a morte de Ana Cláudia Nunes da Cruz será investigada pela 2ª Delegacia de Homicídios Central (2ª DH/Central).

"

Noticias Populares

NOSSOS CONTATOS

WhatsApp - (071)-98725-5302

Celular -(071)-99160-7237

Celular -(071)-99160-7237

Email - webradioalphanumberone@gmail.com


ENDEREÇO

CIDADE: Dias Dávila

ESTADO: Bahia - BA

Galeria de Posts

Imagem de divulgação // Por Juninho Ouro Preto

Foto: Divulgação // Por: Leandro Klein

Foto: Carlos Cecconello // Por: Leandro Klein

Portal Alpha News © 2021 Todos direitos reservados