Milhares de pessoas invadiram a pista no aeroporto internacional de Cabul nesta segunda-feira (16) e multidões tentaram entrar em aviões para deixar o Afeganistão, agora dominado pelo Talibã.

 

Vídeos mostram centenas de pessoas tentando invadir aeronaves paradas e subindo em um avião da força aérea americana que estava prestes a decolar.

 

Tiros foram disparados, e o tumulto deixou mortos. Todos os voos comerciais foram cancelados.

 

As forças americanas assumiram o controle do local e interromperam a retirada de americanos de Cabul para tentar controlar a situação.

 

O número de vítimas não foi confirmado. O jornal americano "The Wall Street Journal" diz que três pessoas foram mortas por armas de fogo e a agência de notícias Reuters fala em cinco óbitos.

 

A Reuters não diz se as vítimas foram atingidas por disparos de armas de fogo ou pisoteadas durante a confusão. Não está claro se os tiros foram disparados contra pessoas ou para o alto.

 

As pessoas estão tentando deixar o país após o Talibã tomar a capital Cabul e voltar ao poder depois de 20 anos. O presidente fugiu do Afeganistão e o palácio presidencial foi tomado no domingo (15).