O Colégio Estadual Dr. Luís de Moura Bastos, localizado na cidade de Dias D'ávila, suspendeu todas as atividades, por conta do primeiro caso de covid-19 confirmado em uma docente.

Devido ao ocorrido, a escola terá que seguir todos os protocolos de segurança e todas as pessoas que tiveram contato com ela devem ficar isolados por dez dias. 

“Sem a imunização completa esse é um risco que todos os professores vão correr. Por isso a APLB-Sindicato insiste na defesa da vida. Apesar do decreto do governo estadual, poucas unidades na Bahia retornaram ao ensino presencial. É um risco para toda a comunidade escolar” orientou Rui Oliveira, coordenador-geral da APLB-Sindicato.

Em nota, o colégio chamou a atenção dos pais e responsáveis "acerca dos riscos aos quais seus filhos e familiares estão expostos nesse retorno presencial, uma vez que diante da pandemia, não podemos nos responsabilizar nem garantir a segurança à vida das pessoas”.