Causa e Efeito. De acordo com um estudo publicado na última segunda-feira (14), pela revista científica Lancet, houve mais mortes por Covid-19 nas cidades brasileiras em que a maioria da população votou no presidente Jair Bolsonaro. Foram analisados pelos pesquisadores dados de 5.570 municípios, entre fevereiro de 2020 e junho de 2021.


Características como renda, desigualdade e opções de serviços de saúde foram levadas em conta. Assim, municípios com alto índice de desenvolvimento humano (IDH) cuja maioria da população votou em Bolsonaro apresentaram taxa de mortalidade quase duas vezes maior do que aqueles com IDH semelhante, mas que não elegeram o atual presidente.

A comparação também foi feita entre municípios de diferentes regiões do país, mas com características parecidas. No Sul e Sudeste, em municípios onde a população votou, em sua maioria, a favor de Bolsonaro, apresentaram taxas de mortalidade superiores às cidades do Nordeste, em que a maioria não votou nele.

Os pesquisadores atribuem essa estatística ao fato de o governo federal ter se mantido por um longo período da pandemia insistindo em tratamentos comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, ignorando as recomendações de segurança e sem estimular a vacinação em massa.

 

fonte: Metro1