Pouco antes do evento que reuniu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o pré-candidato ao governo de Minas Gerais Alexandre Kalil (PSD), em Uberlândia, um drone passou sobrevoando a área e despejou um "líquido de mau cheiro". O evento aconteceu ontem (15/06).

Organizadores do evento chegaram a desconfiar de que o drone estaria jogando fezes nos apoiadores do petista. Porém, o capitão Elias Alves, da Polícia Militar de MG, afirmou à CNN que o líquido era "um material agrícola utilizado para atrair moscas". Os responsáveis pelo drone foram detidos e assinaram um termo circunstancial de ocorrência, se comprometendo a comparecer à Justiça posteriormente.

O evento prosseguiu como o previsto. Estiveram presentes ainda os vices das chapas que concorrem ao governo e à presidência, André Quintão (PT) e Geraldo Alckmin (PSB), respectivamente. Gleisi Hoffmann, presidente do Partido dos Trabalhadores, e Agostinho Patrus (PSD), presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, também participaram do evento.

 

Fonte: Metro1