Às vésperas do início do pagamento do auxílio emergencial - o presidente Jair Bolsonaro deve entregar pessoalmente nesta quarta-feira

(17) o texto da Medida Provisória do auxílio para o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira - a Caixa Econômica Federal anuncia a contratação de 7,7 mil empregados e colaboradores para reforçar o atendimento.

O banco anunciou que está contratando empregados, estagiários, vigilantes e recepcionistas. Serão 2.766 empregados, 1.162 estagiários, 2.320 vigilantes e 1.456 recepcionistas.