Home » Salário-Família e Bolsa Família: você deve ter direito e não sabe

Salário-Família e Bolsa Família: você deve ter direito e não sabe

por Consulta Publica
salario-familia-e-bolsa-familia:-voce-deve-ter-direito-e-nao-sabe

No Brasil, programas como o Salário-Família e o Bolsa Família são essenciais para famílias em vulnerabilidade. A possibilidade de acumular ambos gera dúvidas. O Salário-Família beneficia trabalhadores que contribuem com a Previdência Social e com filhos de até 14 anos, pagando R$ 62,04 por filho, até um limite de R$ 181,926 mensais. Já o Bolsa Família foca em famílias vulneráveis, com valores que podem chegar a R$ 218 por pessoa. Acumular os benefícios é permitido, contanto que a renda total da família não ultrapasse o limite do Bolsa Família. Além disso, é preciso cumprir exigências na saúde e educação das crianças. Para manter o benefício do Bolsa Família, é necessário atualizar o Cadastro Único a cada dois anos, assegurando a continuidade do suporte financeiro. Trabalhadores com Salário-Família podem solicitar o Bolsa Família, desde que respeitem o limite de renda e compromissos com a saúde e educação dos filhos. Benefícios do Bolsa Família Todos os benefícios do Bolsa Família são regulamentados por critérios específicos de elegibilidade e requerem que a família mantenha o CadÚnico atualizado. Além do Auxílio Gás, pago a cada dois meses, os beneficiários podem receber: Benefício de Renda de Cidadania: R$ 142 por membro familiar;  Benefício Complementar: complementa o pagamento para famílias cujo total de benefícios não atinja o valor de R$ 600;  Benefício Primeira Infância: disponibiliza R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos;  Benefício Variável Familiar: paga uma parcela extra mensal de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;  Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um extra de R$ 50 para cada membro familiar com até sete meses de idade;  Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba em quantidade inferior à concedida no Auxílio Brasil. Este benefício estará disponível até maio de 2025. Calendário do Bolsa Família de abril No mês de abril, o governo federal distribui os pagamentos do Bolsa Família com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. Confira os repasses: NIS final 1: 17 de abril; NIS final 2: 18 de abril; NIS final 3: 19 de abril; NIS final 4: 22 de abril; NIS final 5: 23 de abril; NIS final 6: 24 de abril; NIS final 7: 25 de abril; NIS final 8: 26 de abril; NIS final 9: 29 de abril; NIS final 0: 30 de abril. A movimentação dos valores pode ser feita através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

você pode gostar