Home » Não aprendi dizer adeus: 5 franquias do cinema que estão de volta – de novo

Não aprendi dizer adeus: 5 franquias do cinema que estão de volta – de novo

nao-aprendi-dizer-adeus:-5-franquias-do-cinema-que-estao-de-volta-–-de-novo
Furiosa, Ghostbusters e Bettlejuice, franquias de cinema

Nos últimos anos, temos testemunhado um fenômeno recorrente e crescente nas telonas: o retorno incessante de franquias cinematográficas, trazendo de volta personagens icônicos em novas aventuras. 

Mas por que essa tendência persiste tão fortemente na indústria do entretenimento? Tudo se resume a duas letrinhas: IP. Elas são a chave para entender porque estúdios apostam rios de dinheiro em adaptações. 

Que história é essa de IP?

A sigla se refere a Intelectual Property, ou Propriedade Intelectual – ou seja, aos direitos legais sobre invenções, obras literárias e artísticas, símbolos, nomes e imagens. No contexto cinematográfico, nada mais é que a boa e velha adaptação, criando histórias sobre personagens que o público já conhece para capitalizar na sua familiaridade ou nostalgia. 

Não se trata apenas de cinema, claro. A propriedade intelectual nunca foi tão valiosa como hoje, devido à sua capacidade de gerar receitas não apenas através de filmes, mas também de uma infinidade de produtos derivados, como brinquedos, jogos, roupas e muito mais. 

Além disso, as franquias estabelecidas têm uma base de fãs leais, que prometem uma audiência e um retorno financeiro mais seguro para os estúdios. Em tempos de uma indústria balançada por greves recentes (e outras possíveis a caminho), essas “garantias” valem ouro.

Tendência que dá lucro

“Acabaram as ideias originais em Hollywood!”, choram uns apocalípticos. “Daqui a pouco só vai ter Oscar de Roteiro Adaptado”, lamentam outros. Mesmo em meio a tanta reclamação, a verdade é que as adaptações seguem acontecendo porque continuam dando lucro. 

Os estúdios estão cientes de que investir em uma franquia já estabelecida reduz significativamente o risco financeiro em comparação com a produção de um filme totalmente original, cujo sucesso depende de muito mais variantes.

Um levantamento rápido entre os anos de 2013 e 2023 mostrou que as adaptações continuam a crescer. Há 11 anos, os filmes originais eram 38% dos lançamentos. Em 2023, foram 16%. 

Claro que nem todas as tentativas de reviver franquias são bem-sucedidas. Os estúdios ainda precisam encontrar a fórmula de equilíbrio entre a nostalgia e o apelo do familiar com a necessidade de inovação e qualidade para manter o interesse do público ao longo do tempo.

Enquanto os fãs continuarem a se encantar com os heróis e vilões que conhecem e amam, é provável que esse ciclo de ressurgimento de franquias perdure por muitos anos.

5 franquias que estão sendo revividas no cinema

Ghostbusters: Apocalipse de Gelo

Estreia: 11 de abril de 2024

O novo filme dos Caça-Fantasmas funciona como uma sequência direta de Mais Além (2021), reunindo os personagens do novo filme com os Ghostbusters originais. Essa mistura de gerações é um dos pontos fortes do filme, proporcionando o famigerado fan service e apresentando os personagens a um novo público.

O que Apocalipse de Gelo quer é aquecer os corações dos fãs com a sensação quentinha de nostalgia. O elenco é um dos pontos fortes do filme. Finn Wolfhard, McKenna Grace e Logan Kim retornam como os jovens Caça-Fantasmas. Mas a volta de Bill Murray, Dan Aykroyd, Ernie Hudson e Sigourney Weaver é o grande pulo do gato.

Furiosa – Uma Saga Mad Max

Estreia: 17 de maio de 2024

O novo filme do universo Mad Max chega nove anos após o último e aclamado Estrada da Fúria, que introduziu a personagem Furiosa e a tornou, imediatamente, uma das mais icônicas heroínas de ação dos últimos anos. Como se trata de uma história anterior, sai Charlize Theron e entra Anya Taylor-Joy, mas ainda sob o comando de George Miller.

Além de Taylor-Joy no papel principal, Chris Hemsworth interpreta Dementus, seu antagonista e um tirano com sede de poder. Eles estarão no tapete vermelho em Cannes, onde o filme faz sua pré-estreia dois dias antes. Chique, não?

O longa explora o passado de Furiosa, mostrando como ela se tornou a guerreira implacável que conhecemos no filme de 2015. Em meio ao caos, surgem temas como vingança, redenção e esperança. Afinal, depois de ser sequestrada do Green Place das Muitas Mães, enquanto Dementus e Immortan Joe lutam por controle, a jovem guerreira terá que sobreviver a muitos desafios para encontrar seu caminho de volta para casa.

Garfield – Fora de Casa

Estreia: 23 de maio de 2024

O novo filme do gatinho rabugento é mais uma tentativa de levar o mundo criado nas tirinhas de Jim Davis para os cinemas, 20 anos depois da última.

O elenco de dublagem é um dos pontos fortes. Chris Pratt dá voz ao personagem principal e Samuel L. Jackson dubla o pai de Garfield, Vic. Aparecem ainda nomes como Nicholas Hoult, Aidy Bryant e Cecily Strong.

O novo filme utiliza animação 3D de última geração, enquanto os anteriores faziam uma mistura de animação 2D e live-action – o que sempre foi uma escolha arriscada. Esta é uma oportunidade de revitalizar a franquia e apresentar Garfield a uma nova geração de fãs.

Os Fantasmas Ainda Se Divertem: Beetlejuice Beetlejuice

Estreia: 6 de setembro de 2024 (EUA)

De volta à loucura! A sequência do longa de Tim Burton lançado em 1988 só chega no segundo semestre, mas as expectativas estão altas. 

O filme é visto como uma oportunidade de revisitar o universo excêntrico e divertido da primeira produção, com o retorno de personagens queridos e a promessa de novas aventuras macabras.

Michael Keaton estará de volta como o icônico fantasma Beetlejuice e Winona Ryder reprisa seu papel como Lydia Deetz. O restante do elenco conta com nomes como Catherine O’Hara, Geena Davis, Alec Baldwin e Jenna Ortega.

O novo filme parece fazer jus ao estilo peculiar de Tim Burton. A história se passa 27 anos após o primeiro, com Lydia já adulta e com uma filha adolescente. Com a estreia se aproximando, a expectativa aumenta para saber se Beetlejuice 2 conseguirá se igualar ao clássico original e conquistar o público de todas as idades.

Mufasa: O Rei Leão

O Rei Leão (The Lion King) Simba Trailer
Foto: Reprodução/YouTube

Estreia: 20 de dezembro de 2024 (EUA)

Uma escolha ousada. Com as críticas mistas recebidas pelo “live-action” de Jon Favreau, a Disney foi lá e fez de novo. Dessa vez, a batuta passa para as mãos de Barry Jenkins, um diretor habilidoso em retratar dramas humanos – agora estrelados por leões, claro.

Conhecido por seu trabalho em filmes aclamados como Moonlight e Se Beale Street Pudesse Falar, ele promete trazer uma nova visão para a história clássica, focando em temas como legado, responsabilidade e liderança.

Como o título indica, este filme é um prólogo do anterior, se debruçando sobre o reinado de Mufasa antes do nascimento de seu herdeiro. Ainda não há um elenco de voz divulgado, embora haja expectativas de que Donald Glover e Beyoncé retornem como Simba e Nala caso o roteiro chegue à linhagem estendida do rei. Já se sabe que Billy Eichner e Seth Rogen reprisam seus papeis de Timão e Pumba, respectivamente.

Estes são apenas alguns dos filmes que estarão disputando o dinheiro do espectador ao longo do ano. Muitas outras franquias e retornos já foram anunciados por uma indústria sedenta por recuperar as perdas acumuladas da pandemia e das greves.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

você pode gostar

Deixe um comentário