Home » Lula propõe transformar o 2 de Julho em data oficial da Independência

Lula propõe transformar o 2 de Julho em data oficial da Independência

por Lucas Franca
lula-propoe-transformar-o-2-de-julho-em-data-oficial-da-independencia

Presidente quer data reconhecida nacionalmente Lula, o presidente do Brasil, sugeriu nesta quinta-feira (4) que o 2 de Julho seja oficialmente reconhecido como uma segunda data de Independência do Brasil, além do 7 de Setembro. Atualmente, a data é celebrada apenas na Bahia, mas Lula quer que ela seja comemorada como o 7 de Setembro. O 2 de Julho de 1823 é lembrado como o dia da expulsão definitiva da Coroa Portuguesa do Brasil. Evento em Campinas A declaração foi feita durante um discurso no evento de lançamento da pedra fundamental de um laboratório científico público em Campinas, um projeto estimado em cerca de R$ 1 bilhão. Celebração na Bahia Lula participou das comemorações do 2 de Julho em Salvador na terça-feira (2). Este feriado estadual marca a expulsão dos últimos portugueses que resistiam a aceitar a independência do Brasil. Esse evento ocorreu em julho de 1823, nove meses após a declaração oficial de independência, em 7 de Setembro. Lula destaca a importância histórica Ao mencionar a data baiana, Lula destacou os potenciais do Brasil como nação e as dificuldades enfrentadas ao longo da história. Ele lembrou que o Brasil foi o último país da América do Sul a conquistar a independência no século XIX. “Nós fomos o último país a fazer a independência. E temos duas independências. Temos a independência que foi o grito do imperador, que nem sabemos se foi dado de fato, mas está lá. Dizem que ele deu o grito, há uma imagem e alguns cavalos”, afirmou o presidente. Recontar a história do Brasil Lula afirmou que a verdadeira independência do Brasil foi a expulsão final dos portugueses em 2 de Julho em Salvador, Bahia. Ele enfatizou a luta e o papel das heroínas na garantia da independência. “Agora vou tentar oficializar os dois dias como atos da Independência. E, mais ainda, vamos ter que recontar a história deste país”, completou. Entenda o 2 de Julho Proclamação de Dom Pedro de Alcântara Em 25 de junho de 1822, a população do recôncavo baiano proclamou Dom Pedro de Alcântara como regente constitucional e defensor perpétuo do Brasil. Eles defendiam um governo composto por brasileiros, o que não foi aceito pelos portugueses que ocupavam a região e buscavam manter a dominação colonial. Primeira batalha A partir disso, ocorreu a primeira batalha entre os grupos brasileiros e portugueses. Após três dias, em 28 de junho, os baianos tomaram uma embarcação portuguesa atracada às margens do Rio Paraguaçu. Esta foi a primeira vitória da população local contra o domínio português. Batalha final em Salvador As lutas persistiram, chegando até Salvador, onde a batalha final foi travada em 2 de julho de 1823. Com a vitória do povo baiano, marcou-se definitivamente a expulsão da Coroa Portuguesa do Brasil. Fonte: G1 Mais em Portal Notícia Tem.

você pode gostar