Home » Linguiça confundida com cobra e gato que seria onça: veja gafes que já mobilizaram Bombeiros em MG

Linguiça confundida com cobra e gato que seria onça: veja gafes que já mobilizaram Bombeiros em MG

por admin
linguica-confundida-com-cobra-e-gato-que-seria-onca:-veja-gafes-que-ja-mobilizaram-bombeiros-em-mg<br>

Jacaré decorativo que assustou moradores de condomínio em Vespasiano (MG) nesta semana não foi o único a causar alvoroço Um jacaré falso mobilizou o Corpo de Bombeiros, nesta terça-feira (2), em Vespasiano, na Grande BH. A gafe não foi a única no estado a parar em boletins de ocorrência. Veja outras a seguir: Em maio de 2018, a confusão aconteceu em Viçosa, a 230 km de Belo Horizonte, quando uma moradora, assustada, acionou o Corpo de Bombeiros para pedir ajuda. Ela havia supostamente encontrado uma cobra no chão de casa. Os militares encontraram a moradora apavorada. Após tentarem pegar a serpente no cômodo escuro, os agentes perceberam que tratava-se de um pedaço de linguiça. Ninguém sabe como o alimento foi parar no chão. A suspeita é que um gato tenha o arrastado até o local. Divulgação / Corpo de Bombeiros E não é só linguiça que já foi comparada com cobras no estado. Também há relatos de peças ainda mais inusitadas. Em Uberaba, a 481 km de Belo Horizonte, um casal também acionou o Corpo de Bombeiros ao achar o que, segundo eles, seria uma serpente com chifres. Eles viram o suposto animal a dois metros de distância, próximo ao fogão da casa. O casal chegou a ligar novamente para os militares pedindo urgência com o atendimento. A surpresa veio quando os agentes chegaram ao local e descobriram que se tratava-se de uma calcinha preta. Montagem/R7 Em janeiro de 2023, uma gata que pode custar até R$ 7 mil se envolveu em uma confusão em série em um prédio do bairro Vila da Serra, área nobre de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte.O porteiro confundiu a gata Massinha com um filhote de onça e acionou o Corpo de Bombeiros. No local, os agentes identificaram o animal como um gato-do-mato. Como o tutor não havia sido identificado, os militares soltaram o felino em uma mata da região.Foram 12 horas de buscas até o tutor encontrar e resgatar o pet. Massinha é da raça bengal, característica pela pelagem semelhante à de uma onça pequena. Reprodução / Record TV Minas Em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, os membros de um clube de caçadores confundiram um gato-mourisco com uma onça. A situação não foi parar no Corpo de Bombeiros, mas mobilizou os membros do clube que se preocuparam em proteger o animal. Depois de gravarem vídeos que mostravam a suposta onça, descobriram que era, na verdade, um gato-mourisco, felino de porte médio e carnívoro. Reprodução / Record Minas O caso mais recente foi o desta terça-feira (2). O vigia de um condomínio de Vespasiano, na Grande BH, se assustou com um jacaré no jardim de um morador. Ele acionou os Bombeiros. No local, os agentes descobriram que era uma réplica feita por um biólogo para enfeitar o jardim. Reprodução / Record Minas Além dos bichinhosEm fevereiro de 2015, a Polícia Militar foi acionada por uma moradora de Uberaba, que estava assustada e curiosa com um fato. Segundo a mulher, um disco voador teria caído no quintal da casa dela. A dona de casa, então com 56 anos, havia alertado que o objeto estranho estava emitindo luzes. Quando os militares chegaram ao local, descobriram que o disco era, na verdade, um drone com câmera acoplada. Reprodução / Record Minas Últimas

você pode gostar