Home » Cruzeiro ganhou “reforço” do Atlético sem nem fazer esforço

Cruzeiro ganhou “reforço” do Atlético sem nem fazer esforço

por PORTAL CRUZEIRENSE
cruzeiro-ganhou-“reforco”-do-atletico-sem-nem-fazer-esforco

Cruzeiro x Atlético-MG. Foto: Cruzeiro/Reprodução.O Cruzeiro entrou em campo no sábado (30) para o primeiro jogo da final contra o Atlético-MG. Não custa lembrar que a partida foi disputada na Arena MRV e terminou empatada por 2 a 2. Com o resultado, o time celeste precisa apenas de uma nova igualdade no jogo da volta para ser campeão estadual.De antemão cumpre dizer que o clássico será disputado no próximo domingo (7), às 15h30, no Mineirão. A promessa, é claro, é de casa cheia no Gigante da Pampulha. Até o momento, mais de 55 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada. Cruzeiro ganhou “reforço” de luxo para o clássicoNa partida do último final de semana, o clássico ficou marcado por mais um gol contra do zagueiro Jemerson, do Galo. O Galo abriu 2 a 0 no placar ainda no primeiro tempo, mas o Cruzeiro conseguiu a reação na etapa final. Além do tento do defensor, Juan Dinenno deixou sua marca no apagar das luzes da Arena MRV.Um detalhe interessante é que este foi o terceiro gol contra de Jemerson em clássicos contra o Cruzeiro, por isso, pode-se dizer que a equipe celeste ganhou um reforço de luxo do Atlético. O zagueiro do Atlético já viveu outros momentos de felicidade nas edições de 2015 e 2023 da Série A do Brasileirão em 6 de junho do primeiro ano, o galo perdeu de virada para o Cruzeiro por 3 a 1, na Arena Independência, pela sexta rodada do torneio. O zagueiro marcou um dos gols da Raposa naquele jogo. Além disso, impossível seria não lembrar do gol marcado em 2023 Cruzeiro e Atlético se enfrentaram no primeiro clássico disputado na Arena MRV, a partida terminou 1 a 0 para a Raposa, graças ao defensor rival.  Escritor, 28 anos, formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Natural de Belo Horizonte – MG, pode-se dizer que o autor estima, de fato, a palavra. Apaixonado por literatura e jornalismo, encontrou no futebol a união entre os dois mundos. Afinal, a poesia existe nos fatos memoráveis, como em um domingo de clássico. Comentários estão fechados.

você pode gostar