Home » Candidatas do Miss Bumbum Brasil 2024 fazem corrida em São Paulo

Candidatas do Miss Bumbum Brasil 2024 fazem corrida em São Paulo

por Mariana Valbao
candidatas-do-miss-bumbum-brasil-2024-fazem-corrida-em-sao-paulo

As votações do concurso Miss Bumbum Brasil 2024 foram abertas nesta terça-feira (9), após a tradicional corrida em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista. Neste ano, no entanto, o evento aconteceu na tarde mais fria do ano na capital paulista.As 27 candidatas participaram da ocasião simbólica na tarde em que a cidade de São Paulo (SP) registrou 11,5º C. A informação é da temperatura que é registrada em Engenheiro Marsilac, no extremo da Zona Sul, pelas estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da Prefeitura de São Paulo. O evento ainda marcou um protesto das candidatas, que usaram cartazes para conscientização sobre o uso do polimetilmetacrilato (PMMA). De acordo com a organização do concurso, nas últimas semanas, modelos e influenciadoras foram vítimas fatais do uso abusivo da substância.No passado, a vice Miss Bumbum Andressa Urach também sofreu consequências pelo mau uso do produto. Em alguns dos cartazes levantados após a corrida, havia frases como “Sua vida é mais importante” e “Diga não ao PMMA”.SP – SÃO PAULO/MISS BUMBIM – GERAL – Participantes do Concurso Miss Bumbum 2024, na Avenida Paulista, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (MASP), nesta terça-feira, 9 de julho de 2024, dia de frio e chuva em São Paulo. / BRUNO ESCOLASTICO/E.FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOA votação para escolher a Miss Bumbum Brasil 2024 é feita online no site oficial da competição. As quinze mais votadas avançarão para o desfile que irá eleger a campeã, em outubro deste ano.Riscos do uso de PMMA, que as candidatas a Miss Bumbum protestaram contraÀ CNN, a dermatologista Mayla Carbone, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explicou recentemente como o polimetilmetacrilato (PMMA) age no organismo.Após a morte da influenciadora Aline Ferreira, de 33 anos, a médica alertou que o PMMA pode causar graves complicações à saúde dos pacientes. “O que acontece é que ele pode gerar graves consequências. Por ser um polímero sintético, derivado de plástico, ele pode acabar causando infecções, granulomas, levando pacientes até embolia e até a óbito”, disse.

você pode gostar